Recursos que agilizam. Processos mais seguros.

 

 O uso do código de barras é uma alternativa que tem excelente relação de investimento X benefícios, permitindo a automação de processos e garantindo maior confiabilidade no trato das informações.

Pulseira de Identificação de Pacientes


 

Existem diversas situações onde a utilização de uma forma especial de identificação de pacientes se faz necessária, como por exemplo nos casos de:

Paciente impossibilitado de utilizar a fala ou a audição
Paciente inconsciente ou em efeito de sedação
Paciente recém-nascido, crianças ou idosos
Paciente com casos de homônimos

A correta identificação de um paciente para a execução de procedimentos, aplicação de medicação ou ainda no controle de recém nascidos é um fator determinante para a avaliação da qualidade do protocolo operacional das instituições.

Desta forma no Sistema de Gestão Moderna você poderá adotar a utilização das pulseiras de identificação, impressas no inicio do atendimento e mantidas no paciente durante todo seu tratamento.

 

 

 

Etiqueta para Identificação de Registro de Pacientes


 

É possível configurar o Sistema para que seja emitido diversos padrões de etiquetas de identificação de registro de pacientes para serem utilizadas por exemplo em papéis impressos, coletas de materiais e outras situações evitando eventuais transcrições de dados.

Etiqueta / Crachá para Identificação de Visitantes


 

O controle de acesso de visitantes a setores ou pacientes internados é vital para a segurança da instituição, principalmente em áreas como nas alas de internação e berçário.

Ao adentrar o visitante pela portaria identificamos estes com uma etiqueta a ser aplicada diretamente na roupa do visitante ou sobre um crachá padrão, de forma que durante seu trajeto na instituição possa ser o mesmo identificado.

O uso de crachás ou etiquetas com cores pode auxiliar na informação visual da área para onde o mesmo foi autorizado sua circulação.

Na saída e devolução de sua etiqueta/crachá é efetuado no Sistema a baixa de sua permanência, permitindo alem de ter o histórico de visitantes, controlar as visitas que adentraram e ainda está pendente sua saída.

Etiqueta para a Identificação de Medicamentos e Materiais


 

 

 

No segmento de saúde a maioria dos medicamentos e materiais em geral adquiridos utiliza em suas embalagens um código de barras padrão desenvolvido de forma direcionada ao setor de comércio, onde não contem dados de lote e validade.

Estes códigos apesar de facilitarem o processo de automação, uma vez que já estão inseridos na embalagem, não permitem a rastreabilidade uma vez que não contem em sua estrutura estas informações e também muitas vezes não estão aplicados nas unidades de doses ou individualizações aplicadas na área assistencial.

Desta forma em grande parte dos casos se faz necessária a utilização de etiquetas emitidas no Sistema de Gestão Moderna para a aplicação e identificação destes itens de forma a atender aos requisitos de gestão da logística dos materiais da instituição.

Outra forma de automação em evolução no mercado é a identificação dos Medicamentos através do QRCode, uma nova forma que permitirá se aplicado nas embalagem pelo fabricante para dispensação ao paciente já conter as informações de rastreabilidade, promovendo grande produtividade no processo logístico dos estabelecimentos.

Etiqueta para Identificação de Tira de Medicação


 

 

 

Quando efetuado o lançamento de medicamentos e/ou materiais para atender as prescrições de pacientes o Sistema de Gestão Moderna pode ser configurado para emitir uma etiqueta para a identificação da tira de medicação. Esta etiqueta além de padronizar a informação na tira, contem em seu código de barras a identificação de todos os itens e quantidades que foram dispensados neste lançamento para este paciente.

Por ocasião da devolução de itens não utilizados pelo paciente, efetua-se a leitura da etiqueta da tira e dos itens devolvidos. O sistema compara e alerta sobre qualquer inconsistência na devolução que esta sendo efetuada.

Etiqueta para Identificação de Prontuários


 

Apesar da crescente implantação de prontuários eletrônicos, ainda existem diversas instituições que por motivos de investimentos ou definição de seus processos requer operar com prontuários em papel, acondicionados geralmente em pastas ou envelopes.

Para estes casos de forma a garantir uma identificação ágil, padronizada e que permitida o controle logístico destes documentos, pode-se emitir no Sistema de Gestão Moderna etiquetas de identificação de prontuários físicos que são emitidas na abertura do registro do paciente e aplicadas na frente destas pastas / envelopes, bem como nas fichas internas de atendimento.

 

Ficha de Atendimento e Guias com Código de Barras


 

Nos processos de atendimento sem o uso de prontuário eletrônico com certificação digital, pode-se emitir uma ficha de atendimento padronizada com código de barras de identificação do registro de paciente, o que ira facilitar o lançamento posterior de informações através da leitura deste código.

Também é utilizado nas guias padrão TISS e alguns outros formulários, permitindo assim efetuar-se pelo Sistema o protocolo entre setores das movimentações destes documentos de forma automatizada.

Etiquetas para Identificação de Cartão de Fidelidade


 

Uma forma de fidelizar o cliente e poder agilizar seu atendimento é a emissão de etiquetas para identificação de cartões de pacientes.

Estes cartões podem ser em papel ou em outro material como por exemplo em PVC.

Você pode na frente destes cartões, utilizar de sua logomarca e informações importantes como o telefone da central de atendimento e no verso ser aplicado a etiqueta.